Amores imperfeitos

    O futuro é o lar dos nossos medos mais profundos e das nossas maiores esperanças. Passamos toda a nossa vida nos preocupando com o futuro, fazendo planos e tentando o prever, como se desvendá-lo fosse aliviar o impacto de um provável final. Mas o futuro está sempre mudando.

    Continua depois da publicidade

    O filme “Um Dia” (One Day), da diretora Lone Scherfig conta uma história que pode ser facilmente encontrada na realidade de muitas pessoas. Aquela velha pessoa que um dia passou por sua vida e permanece até os dias de hoje.

    Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgees) se conheceram na faculdade, em 15 de julho. Esta data serve de base para acompanhar a vida deles ao longo de 20 anos. Neste período Emma enfrenta dificuldades para ser bem sucedida na carreira, enquanto que Dexter consegue sucesso fácil, tanto no trabalho quanto com as mulheres. A vida de ambos passa por várias outras pessoas, mas sempre está, de alguma forma, interligada.

    No decorrer da narrativa, o tempo passa a ser o personagem principal do filme. Situações inesperadas, brigas, reconciliações, quedas e reerguidas, a trajetória de um ano vivido, contada apenas na riqueza de sua história e pela beleza estética e sonora.

    Ficamos sempre lamentando o passado e cortejando o futuro, esquecendo que estamos vivendo agora, que tudo de real está no presente, o que foi, infelizmente ou felizmente, não volta mais e o que está por vir ninguém pode prever. O filme, ‘Um Dia” pode gerar esperança aos mais desacreditados, e desilusão aos mais acreditados… lembrando sempre de diferenciar o que é ficção e o que é a vida real e que, um dia, pode ser marcado para sempre na vida das pessoas.

    ABRIL DESPEDAÇADO

    Em abril de 1910, no sertão vive Tonho (Rodrigo Santoro) e sua família. Tonho vive atualmente uma dúvida, pois ao mesmo tempo que é impelido por seu pai (José Dumont) para vingar a morte de seu irmão mais velho, assassinado por uma família rival, sabe que caso se vingue será perseguido. Tonho passa então a questionar a lógica da violência e da tradição.

     

    V DE VINGANÇA

    Evey Hammond (Natalie Portman) é salva por um homem mascarado, conhecido por V (Hugo Weaving), que é extremamente habilidoso na arte do combate. Ao se rebelar contra a tirania do governo inglês, V provoca uma revolução. Enquanto Evey tenta saber mais sobre o passado de V, ela descobre quem é e seu papel para trazer liberdade ao país.

     

    O ILUMINADO

    Durante o inverno, um homem (Jack Nicholson) é contratado para ficar como vigia em um hotel no Colorado e vai para lá com a mulher e seu filho. Porém, o isolamento começa a lhe causar problemas mentais e ele vai se tornado cada vez mais agressivo e perigoso, ao mesmo tempo seu filho passa a ter visões de acontecimentos ocorridos no passado.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Avaliação
    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui