Não vivemos mais sem os streamings

    /por Tricia Lorencini

    Continua depois da publicidade

     

    Nos últimos anos assistimos uma grande transformação no cenário do entretenimento. Se antes, para consumir música e filmes tínhamos que nos dirigir as lojas de CDs e locadoras, hoje as donas do mercado são as plataformas de streaming.

    Com a chegada da pandemia, o crescimento das plataformas de streaming foi descomunal. O isolamento social converteu os streaming em uma das principais formas de entretenimento para as nós, que isolados em casa tivemos em passar mais tempo na frente da TV.

    Os streamings tornaram-se uma prioridade de gastos na pandemia. Para se ter uma ideia, no Brasil em 2020 a Globo Play cresceu mais de 145%, o Telecine em 400% e ainda temos a chegada do Disney Plus. Ou seja, não vivemos sem o entretenimento e estamos cada vez mais dependentes dos streamings.

    Muitas famílias estão substituindo a TV por assinatura, por diversos serviços de streamings, pois além de terem preços mais baixos, temos a possibilidade de assistir a qualquer momento e lugar, basta ter um smartfone e acesso a internet.

    Temos produções de nível de cinema e principalmente: qualidade e diversidade. Podemos assistir uma série com um elenco cheio de estrelas de Hollywood, como também podemos ter acessos a produções de diversos países, algo que não era muito comum, já que além de consumirem conteúdos nacionais, os brasileiros assistiam na maioria das vezes produções norte-americanas.

    Se antes só os “nerds” consumiam este tipo de conteúdo, hoje a realidade é totalmente diferente. Além das séries e dos filmes, temos opções como animações, novelas mexicanas, documentários, musicais, stand-up, reality e muito mais. Basta acessar o streaming e navegar. Os conteúdos dos streaming viraram assuntos tanto em casa como nas redes sociais.

    A diversidade de produções brasileiras que conseguiram alcance mundial é fenomenal. A série nacional 3%, faz um sucesso estrondoso lá fora, abrindo portas para outras produções. O investimento dos streaming em conteúdos nacionais não param, estamos entrando em uma era que todos temos acesso a conteúdo nacionais de qualidade por um pequeno preço, saindo da falsa crença de que só quem tem “tv paga é que tem coisa que presta”.

    Mas a verdade é, quem não gosta de um bom filme? Ou ficar horas jogado no sofá fazendo uma maratona? Um grande exemplo é a série La Casa de Papel. Uma produção espanhola, distribuída pela Netflix, que fez um sucesso estrondoso, fazendo as pessoas comprarem bonecos, camisas, fazer teorias nas redes sociais e é claro, ficar cantando a música “Bella Ciao” na cabeça o tempo todo.

    Se você como eu já se entregou ao mundo dos streamings e não vive mais sem eles, pode ficar tranquilo. O investimento é cada vez maior, as produções estão ganhando mais espaços nas premiações e consequentemente você, consumidor é que ganhará a certeza de satisfação para o seu entretenimento. Prepare sua pipoca, se jogue no sofá, pois agora conforto e entretenimento estão ao um clique de você!

    1 COMENTÁRIO

    1. Realmente, o mundo dos streamings está ficando cada vez mais forte! Bom que saímos em vantagem em relação a valor. Parabéns pelo artigo!

      (5/5)

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Avaliação
    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui