Peeling: o que é e quais seus benefícios

    Um dos tratamentos mais pedidos no Brasil, o peeling; é um procedimento que estimula a renovação da pele por meio da descamação controlada. Pode ser superficial, médio ou profundo, sendo indicado para tratar manchas, cicatrizes de acne, poros dilatados, oleosidade excessiva, entre outros.

    Continua depois da publicidade

    Os tipos de peeling mais realizados são os físicos e os químicos. Os físicos, também chamados de mecânicos, tem por objetivo causar fricção na pele manualmente ou com auxílio de aparelhos. São exemplos os peelings de cristal e o de diamante, que causam uma melhora imediata no tônus, textura e pigmentação da pele, além de possuir aplicação muito confortável, podendo ser realizado durante todo o ano.

    Os peelings químicos, por sua vez, são recomendados nas estações onde o clima é mais ameno e a incidência solar é baixa, pois estes deixam a pele sensível podendo ocorrer, inclusive, sua descamação. Isso acontece porque para este procedimento são utilizados ácidos como salicílico, retinóico, glicólico, mandélico, e o kójico. A escolha do ácido e a quantidade de sessões dependerá basicamente do objetivo do tratamento e, dependendo do tipo de ácido e de sua concentração pode ser feito em qualquer época do ano.

    Os peelings podem ser realizados no rosto, pescoço e mãos, e os cuidados pós procedimento são simples. O primeiro (e mais difícil) é não puxar a pele caso ocorra descamação, além disso, usar protetor solar e evitar exposição em dias de sol. Estes cuidados são imprescindíveis para um bom resultado. Cremes para uso em casa também podem ser prescritos para auxiliar no sucesso do tratamento. Procure um profissional capacitado e se jogue para uma uma pele perfeita.

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Avaliação
    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui