Sobremesa para o Natal: cuscuz de tapioca

    A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), aprovou os conhecimentos, as práticas e as tradições relacionadas ao preparo e ao consumo do cuscuz como Patrimônio Imaterial da Humanidade.

    Continua depois da publicidade

    O prato que hoje é consumido por grande parte dos brasileiros, é uma herança da culinária africana trazida durante a colonização dos portugueses no século XV. No Brasil, a receita tem diversas variações, é preparado com sêmola de cereais (milho, trigo, arroz, mandioca…) e cozido no vapor.

    Cuscuz Nordestino; feito com farinha de milho, umedecida no leite de coco.

    Cuscuz Paulista; feito com farinha de milho ou mandioca, peixe ou camarão.

    Cuscuz Maranhense; feito com flocos de arroz, goma de tapioca, água e sal.

    O cuscuz é um exemplo da transformação cultural de um prato, das influências que cada região do país pode exercer sobre uma única receita e, assim, criar novos sabores, formatos e histórias. O nome, deriva do som da sêmola chiando na cuscuzeira durante o cozimento no vapor.

    Essa receita é tradicional no Norte e Nordeste do Brasil. Diferente do cuscuz de milho, não é cozido no vapor, a massa é preparada e vai direto para geladeira.

     

    Ingredientes:

    * 1 e 1/2 xícara de tapioca granulada

    * 1/2 xícara de açúcar

    * 2 xícaras de leite

    * 1/2 xícara de leite de coco

    * 1 xícara de coco ralado fresco

    * 1 colher (sopa) de manteiga

     

    Modo de preparo:

    1. Separe todos os ingredientes, deixando-os devidamente prontos para o início da receita.
    2. Unte uma forma, cerca de 18cm, com manteiga.
    3. Aqueça o leite sem ferver.
    4. Em uma tigela grande, misture a tapioca granulada, o açúcar e metade do coco ralado. Em seguida, adicione o leite e deixe a mistura repousar por 5 minutos, ou até que o leite tenha sido totalmente absorvido.
    5. Adicione o leite de coco e misture bem.
    6. Coloque a massa na forma previamente untada com manteiga e leve para refrigerar por 4 horas.
    7. Após a refrigeração, desenforme e cubra com o restante do coco ralado. Sirva com leite de coco ou leite condensado.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Avaliação
    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui